Atenção!

Todas as imagens usadas neste blog foram retiradas da Internet. Se alguma delas contiver Direitos Autorais ou conteúdo que possa ofender alguém, avise-me por email para que seja feita a retirada imediatamente. O endereço encontra-se em Contato. Obrigada!

quarta-feira, 16 de março de 2011

o jeito é dar uma rapidinha com vc!

Aproveitei a deixa da Fugidinha e fiz o trocadilho pra contar a minha como estou resolvendo a falta de tempo pra sexo causada pela facul.
Ontem o Nico e eu estudamos o dia inteiro. Então de noite,  enquanto minha mãe foi fazer a janta, resolvemos descansar um pouco lá no meu quarto. Deitamos de conchinha, ensaiamos dormir. Mas ele começou a beijar e morder o meu pescoço, que é tiro-e-queda pra me deixar com tesão! Aí já viu...
Enquanto ele beijava meu pescoço e dava mordidinhas na minha orelha, as mãos dele apertavam meus seios, que já estavam arrepiados embaixo da camisola. E eu esfregava a minha bunda contra o pau dele, ainda dentro da bermuda. A mão dele começou a descer passando pela minha barriga, depois pela bunda (onde ele faz questão de apertar bem forte, do jeito que eu gosto!), pelas coxas e pela virilha, sem encostar diretamente no clitóris, só pra me deixar ainda mais molhadinha!
Quando ele finalmente enfiou aqueles dedos na minha buceta e começou a me masturbar, quase fui à loucura! Até aí eu estava apenas esfregando a minha bunda no pau dele, mas quando ele começou a me masturbar eu não aguentei, enfiei a mão dentro da cueca dele e comecei a bater uma punheta bem gostosa. E eu percebi que a cabecinha dele estava toda babada também, então achei que aquele pau gostoso merecia comer minha bucetinha.
Como eu estava de camisola, afastei minha calcinha e enfiei só a cabeça e comecei a rebolar até enfiar tudo. (O detalhe é que a porta do meu quarto estava aberta e fica bem ao lado da sala, onde meu pai estava assistindo televisão, então a gente não podia fazer barulho... mas essa adrenalina aumentou ainda mais meu tesão!). Ele começava a meter devagar aquele pau gostoso, depois metia mais rápido, me deixando louca de prazer, ainda mais porque eu não podia gemer! Quando eu sentia que o pau dele estava pulsando dentro da minha buceta querendo gozar, eu rebolava pra ele ficar com vontade ainda, mas ele se segurava e depois continuava me fudendo bem forte.
Quando eu percebi que ele ia gozar mesmo, virei rapidinho e enfiei aquele pau (com gosto da minha buceta) na boca e fiz um boquete bem gostoso. Suguei o pau dele com muita vontade até ele gozar em jato na minha garganta, e já fui engolindo tudo! Eu adoro aquela porra toda na minha boca!



Nossa, deu água na boca e gostinho que quero mais! Minha buceta está toda molhadinha de novo! Enquanto vcs de deliciam com a minha rapidinha, vou bater uma siririca por aqui!

Beijos gostosos e bem molhadinhos! ;*

5 comentários:

  1. Fodas assim rapidinhas e com adrenalina não maravilhosas...

    Rapidinhas sempre me deixam com mais tesão!

    Beijosssssss

    HOT SPOT

    ResponderExcluir
  2. Oi lindinha venho aqui dizer que tem um presentinho para você no meu Blog.
    Bjs Jéssykinha

    ResponderExcluir
  3. Ai ai ai .... Uffaa !! Realmente me deu um senhor calor, passar por uma dessas é sem dúvida a melhor coisa que existe na terra, no mundo e no universo ... Bjus Apimentados =)

    ResponderExcluir
  4. Minha Cara, gostei muito de seu relato. Parabéns, meu velho guerreiro endureceu na hora. Mas eu, por ser bissexual, gostaria de ler algum de seus textos relacionados com a sua bissexualidade.
    Vc escreve gostoso. Parabéns
    Beijos do SPARTACUS

    ResponderExcluir
  5. Bom, SPARTACUS, já providenciei seu pedido, pois o mais recente post é sobre minha primeira experiência bissexual. Espero que goste =)
    Beijos bem gostosos da Lisa ;*

    ResponderExcluir