Atenção!

Todas as imagens usadas neste blog foram retiradas da Internet. Se alguma delas contiver Direitos Autorais ou conteúdo que possa ofender alguém, avise-me por email para que seja feita a retirada imediatamente. O endereço encontra-se em Contato. Obrigada!

segunda-feira, 14 de março de 2011

eu descordo, Fernanda Lima

Bom, esse é assunto de uma semana atrás, mas preciso tocar nele! :)
Semana passada eu estava assistindo ao programa "Amor & Sexo", da Rede Globo, comandado pela linda&gostosa Fernanda Lima. O quadro era o "Strip Quiz" com os convidados Mônica Martinelli e Eriberto Leão. Estava tudo certo, até que Fernanda faz uma pergunta à convidada:
"Mônica: uma mulher, às vezes, pode sentir atração por outra mulher e não ser lésbica. Verdade ou mentira?"
A atriz fica um pouco confusa na hora de responder, mas depois decide que não é possível, essa mulher é bi ou lésbica. Bom, até então, tudo certo, opinião de cada um, apesar de que a meu ver, as mulheres podem sim, sentirem um desejo por outra, aquela coisa de momento, de rolar um clima e elas ficarem, transarem e não passar daquilo, continuarem normalmente suas vidas sendo heterossexuais. Mas a parte que mais me deixou mais perplexa foi o que a Fernanda disse logo em seguida:
"Mas bi não é só uma desculpa pra não se assumir por outro lado?!"
Boooom, pera lá! Eu acho o programa super mente aberta, divertido, mas foi um pouco de precoceito da parte dela ter dito isso. Existem pessoas que se interessam por pessoas do sexo oposto, são as heterossexuais; existem pessoas que se interessam por pessoas do mesmo sexo, são as homossexuais; e existem, sim, as pessoas (como eu) que se interessam por pessoas do mesmo sexo e por pessoas do sexo oposto. Estas são as bissexuais.
Da mesma forma que eu sinto atração, tesão pelo meu namorado, sinto atração também por muitas mulheres. Sinto tesão em beijar, abraçar e ir pra cama com uma mulher, e nem por isso sou lésbica, pois em nenhum momento deixo de sentir o mesmo pelo meu namorado! E pelos blogs que já andei visitanto e as pesquisas que já fiz sobre o assunto me mostram que a possibilidade de alguem ser bi é totalmente real!
Portanto, Fê Lima, não, "bi" não é apenas uma desculpa pra não se assumir pro outro lado! ;)

Beijos gostosos! ;*

5 comentários:

  1. Concordo com vc garota. Em gênero, número e grau!

    ResponderExcluir
  2. Passando para deixar também meu apoio. Concordo com cada palavra, também fiquei um pouco chateada com a declaração. Mas todo mundo tem uma opinião. Levei teu Link comigo .... Bjus Apimentados ... =)

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você!
    Adorei seu Blog está de parabéns virei sua seguidora.
    Bjs Jéssykinha

    ResponderExcluir
  4. Começou-se a falar sobre bissexualidade há pouco tempo. As pessoas ainda não sabem lidar com isso (digo, as que estão afastadas do assunto) Mesmo gays e lésbicas muitas vezes possuem dificuldades em compreender que alguém pode, simplesmente, não ter um gênero preferido. Ou ter mas gostar de ambos, ou gostar mais de sexo que de gênero...

    E será difícil para as pessoas conceberem isso. Demorou muito tempo e foi necessária muita luta para que gays e lésbicas começassem a ter uma aceitação social e direitos. Nós, bis, entramos na questão dos direitos, mas em termos de aceitação social ainda serão necessárias algumas décadas para poder ter alguma produtividade.

    A cultura é cristã, o sexo não é livre, ser bi alude bastante à orgia. E isso trás algumas dificuldades para as pessoas. No eixo RJ - SP sempre me pareceu mais "tolerante" eu sempre encontro pessoas "por ai" na net que são deste eixo e falam das possibilidades, mas em MG é um horror. Se consegue trair mas não se consegue alguém num relacionamento aberto... É a sociedade né?

    ResponderExcluir